Guia de Neurofeedback para crianças

Imagem de um técnico de neurofeedback a dar formação a uma criança
$

Escrito por: Dr. Starr, MD, FAACAP

Dr. Starr é um médico, psiquiatra e neurocientista computacional que tem estado ativo no Interface Cérebro-Computador e no Neurofeedback desde 1990.

O Guia dos Pais sobre Neurofeedback para Crianças: O que precisa de saber

O neurofeedback surgiu como uma ferramenta promissora no domínio do desenvolvimento e bem-estar infantil, oferecendo um método não invasivo para melhorar potencialmente as capacidades cognitivas, a regulação emocional e a saúde mental geral de uma criança. É compreensível que os pais, educadores e especialistas em desenvolvimento infantil estejam interessados em saber mais sobre o neurofeedback e como este pode beneficiar as crianças. Este guia tem como objetivo responder às preocupações mais comuns, realçar os potenciais benefícios e oferecer uma visão sobre como iniciar um regime de neurofeedback em casa.

Compreender o Neurofeedback

O neurofeedback, também conhecido como biofeedback EEGO processo de avaliação da atividade cerebral é um processo que envolve a monitorização da atividade eléctrica do cérebro através de sensores colocados no couro cabeludo. O processo fornece informações ao indivíduo sobre as suas ondas cerebrais. Através de uma série de sessões de treino, os indivíduos aprendem a modular a sua atividade neural, o que pode levar a uma melhoria das funções mentais e da regulação emocional.

Potenciais benefícios para as crianças

A investigação e a evidência anedótica sugerem que o neurofeedback pode oferecer vários benefícios às crianças, incluindo, mas não se limitando a:

  • Melhoria da atenção e da concentração: Crianças com TDAH demonstraram melhorias na capacidade de atenção e concentração, o que faz com que seja uma abordagem complementar valiosa a par dos tratamentos tradicionais.
  • Melhor regulação emocional: O neurofeedback pode ensinar as crianças a gerir melhor as suas emoções, reduzindo os casos de ansiedade e depressão.
  • Capacidades de aprendizagem melhoradas: Ao promover um estado de otimização neural, algumas crianças podem experimentar melhorias nas capacidades de aprendizagem e no desempenho académico.
  • Redução dos problemas de comportamento: Existe potencial para o neurofeedback diminuir os problemas de comportamento, ajudando as crianças a conseguir um melhor auto-controlo e gestão emocional.

Responder a preocupações comuns

O Neurofeedback é seguro?

O neurofeedback é considerado seguro para as crianças. É não-invasivo, não envolve medicação e os efeitos adversos são raros. No entanto, é vital que as sessões sejam efectuadas sob a orientação de um profissional com formação.

Em quanto tempo aparecerão os resultados?

As melhorias podem variar muito de pessoa para pessoa. Alguns podem notar mudanças em poucas sessões, enquanto outros podem precisar de um período mais longo. A consistência e os programas de treino adaptados são factores-chave para alcançar os resultados desejados.

O Neurofeedback tem apoio científico?

Embora a investigação sobre o neurofeedback esteja em curso, numerosos estudos apoiam a sua eficácia, particularmente no tratamento da PHDA, da ansiedade e de outras doenças. No entanto, os pais e os profissionais devem manter expectativas realistas e considerar o neurofeedback como parte de uma estratégia terapêutica mais alargada.

Iniciar o Neurofeedback em casa

Dado o interesse crescente em soluções de neurofeedback em casaPara começar, eis como os pais podem começar:

  1. Consulta com um especialista: Antes de começar, consulte um especialista em neurofeedback para avaliar a aptidão do seu filho e desenvolver um plano personalizado.
  2. Escolher o equipamento correto: Utilizar apenas equipamento de neurofeedback aprovado pela FDA. A formação e o apoio do fornecedor são cruciais para a eficácia e segurança.
  3. Criar um ambiente propício: Assegurar que as sessões são realizadas num espaço calmo e confortável para facilitar a concentração e o relaxamento.
  4. Monitorização e ajustamento: Mantenha-se em contacto com o profissional de neurofeedback do seu filho para acompanhar os progressos e fazer os ajustes necessários ao protocolo de treino.
  5. Combinação com práticas complementares: Incorporar o neurofeedback numa abordagem holística ao bem-estar que inclua atividade física, uma dieta saudável e um sono adequado.

Considerações finais

Optar por explorar o neurofeedback para o seu filho é uma decisão que implica muitas considerações. Embora a tecnologia apresente uma opção promissora para melhorar o bem-estar mental e emocional, é essencial abordá-la como um complemento, e não como um substituto, das terapias tradicionais e das escolhas de um estilo de vida saudável. Mantendo-se informados e trabalhando em estreita colaboração com os profissionais, os pais podem apoiar eficazmente os seus filhos na superação dos desafios do crescimento e do desenvolvimento, tendo o neurofeedback como uma ferramenta valiosa no seu arsenal

Myneurva é um líder mundial em Neurofeedback e análise QEEG

A Myneurva é um líder mundial na análise computacional de QEEG. O Dr. Starr detém o título de Patente dos EUA para um sistema e método de análise de sinais de eletroencefalograma.

Do Blogue do Neurofeedback...

Neurofeedback para a insónia - Um guia informativo

Neurofeedback para as insónias Está cansado de se remexer e virar todas as noites? Não é o único. A insónia é um distúrbio do sono comum que afecta milhões de pessoas em todo o mundo. Mas e se houvesse uma forma não invasiva e sem medicamentos para melhorar a qualidade do seu sono? O neurofeedback....

Números de patentes dos Estados Unidos 10,863,912 e 11,839,480

Patente dos Estados Unidos número 10,863,912 e 11,839,480 Um sistema de análise de sinais de electroencefalogramaUm método de análise de sinais de eletroencefalograma Myneurva e o Dr. Frederick Starr são titulares de 2 patentes dos Estados Unidos e têm 3 patentes pendentes nos Estados Unidos...

QEEG vs EEG - Qual é a diferença?

QEEG vs EEG - Qual é a diferença? O EEG capta/regista a atividade eléctrica do seu cérebro e o Relatório QEEG ou Mapa Cerebral analisa os dados do EEG. Para compreender a diferença entre um EEG e um QEEG, por favor aprenda sobre um exame EEG e um exame QEEG abaixo....

Mapeamento Cerebral QEEG perto de mim - Desbloqueie a mudança positiva

Mapeamento Cerebral QEEG Perto de Mim Na busca de uma melhor saúde mental e função cognitiva, o mapeamento cerebral por Eletroencefalografia Quantitativa (QEEG) surgiu como uma ferramenta revolucionária. Esta técnica avançada fornece uma análise detalhada da atividade das ondas cerebrais, oferecendo...

O que são neuroendofenótipos EEG?

O que é um fenótipo? Vejamos a etimologia, ou a origem das palavras, para compreender "O que é um fenótipo". A etimologia de pheno vem do grego que significa mostrar. Em biologia, um fenótipo é uma caraterística expressa por um organismo devido ao ADN que herdou de...

Ondas cerebrais beta e Neurofeedback - Aumentar a clareza mental

O Poder das Ondas Cerebrais Beta e do Neurofeedback Imagine se tivesse o poder de aumentar a sua clareza mental, aperfeiçoar as suas capacidades de resolução de problemas e gerir melhor o stress - tudo isto sem medicação. Entre no mundo das ondas cerebrais Beta e do neurofeedback, um método não invasivo...

Como selecionar um fornecedor de Neurofeedback

Pretende selecionar um profissional de neurofeedback? Abaixo encontram-se algumas das perguntas mais comuns que pode querer fazer ao selecionar um prestador de serviços de neurofeedback. Que experiência em Neurofeedback tem o prestador? Quantos anos de experiência tem em...

Neurofeedback para a depressão - Comece hoje mesmo

Desbloquear o potencial do Neurofeedback para a depressão Na procura contínua de tratamentos eficazes para a saúde mental, a terapia de neurofeedback surge como um farol de esperança, especialmente para os que lutam contra a depressão. Ao contrário das abordagens tradicionais que se baseiam frequentemente na medicação...

Neurofeedback para o zumbido

Introdução ao Neurofeedback para o zumbido O zumbido, muitas vezes descrito como um zumbido persistente, zumbido ou assobio nos ouvidos, afecta milhões de pessoas em todo o mundo. Esta condição pode variar de um ligeiro incómodo a um problema debilitante que...

Conheça o seu especialista em Neurofeedback

Contactar-nos

Horas

De segunda a sexta-feira: das 7h às 17h EST
S-S: Fechado